0
View Post
Exemplos de Landing Pages

Exemplos de Landing Pages

Cada objetivo da sua página de entrada, pode pedir uma landing page diferente. Isso porque, suas ações de Marketing podem seguir uma série de etapas, como por exemplo:

  • Transformar um visitante da sua fan page em fã;
  • Criar um formulário de cadastro para gerar leads;
  • Uma página de venda de produto;
  • Página de apresentação de produto.

Quanto mais adaptada ao seu mercado e ao seu objetivo, maior será a conversão da sua landing page.

Veja abaixo a Landing Page da Starbucks, na campanha “Transforme o recibo da manhã em prazer a tarde. Compre uma bebida gelada Grande por $2 depois das 14h  - Encontre uma loja”

landing-page starbucks-promovaweb

 Neste caso, a comunicação do texto e a imagem estão coerentes.

1 – Mensagem clara e objetiva;
2 – Botão Call to Action em destaque;

3 – Imagem de fundo coerente.

Objetivo da empresa é bem claro: levar o consumidor para o ponto de venda para fazer uma recompra. Com o objetivo definido, perceba que a Landing Page contém os principais itens que uma página de conversão deve conter: a imagem do produto chamando atenção do usuário, mensagem clara e objetiva, elementos bem distribuídos no layout e o botão call to action em destaque para encontrar uma loja mais próxima.

Veja  abaixo alguns exemplos de landing page, sua origem e destino 

Origem: Anúncio Google Adwords

anuncio-par-perfeito

Destino: Landing Page Par Perfeito – Estilo: Homepage

landing-page-par-perfeito

Origem: Anúncio Ford Portal Globo.com

anúncio-ford-landing-page

Destino: Landing Page Ford – New Fiesta

landing-page-ford

Origem:  Anúncio Google Adwords

anuncio-uol-host

Destino: Landing Page Uol Host

Landing-Page-Uol-host

Origem: Anúncio Banner no Portal UOL

anúncio-net-no-uol

 

Destino: Landing Page Combo Net

Landing-Page-Net-combo

 

Origem: E-mail marketing Vivo Empresas

e-mail-marketing-vivo

Destino: Landing Page Vivo Empresas

exemplo-de-landing-page-vivo

Origem: Fan Page Conrado Adolpho – Curso 8Ps

origem-facebook

Destino: Landing Page Conrado Adolpho – Curso 8Ps

landing-page-conrado

Origem: Anúncio Portal Terra – Revista ISTO É

anúncio-terra

Destino: Landing Page:  Petrobras – Me Inspira Missão Netuno

landing-page-petrobras

Origem: Anúncio Buscapé

anuncio-buscapé

Destino: Landing Page Aplicativo Buscapé – Dá um Busca

landing-page-buscapé

Espero que tenhamos ajudado você a comparar os diversos tipos de Landing Pages que existem e que alguma delas possam inspirá-lo a criar a sua. Com certeza seguindo as boas práticas teremos ótimos resultados com as Landing Pages.

0
View Post
Usabilidade e Testes de Landing Pages

Usabilidade e Testes de Landing Pages

Ser objetivo é essencial para melhorar a experiência do usuário em uma landing page. Por isso, é muito importante que a mensagem transmitida seja direta e entendida rapidamente por ele, ou seja, ao bater os olhos e ter o primeiro contato com a página, o visitante deve imediatamente identificar do que ela se trata. Se não conseguirmos convencê-lo em pouco tempo, as chances dele abandonar sua página sem tomar a ação que você deseja que ele tome, está relacionado com a objetividade da sua comunicação.

Para captar a atenção do visitante no menor tempo possível, algumas dicas essenciais podem ser seguidas:

  • Use títulos e textos objetivos, curtos e diretos;
  • Sempre que usar um botão, descreva a ação desejada, como: Baixe o livro ou Faça o Download ao invés de Clique aqui ou Saiba mais;
  • Evite barras de rolagem: as informações-chave e as chamadas para ação (call to action) devem ser apresentados antes da dobra da página, ou seja, sem que o visitante precise rolar a página para visualizar.

Em alguns produtos e serviços mais complexos, que demandam mais tempo de pesquisa por informações, a comunicação poderá ser um pouco mais extensa. Ao oferecer mais detalhes, o visitante se sente mais seguro para tomar uma ação ou uma decisão de compra. Detalhes importantes, que devem ser informados para conversão, como por exemplo, a oferta de um curso onde as informações sobre o professor, carga horária, conteúdo são necessárias para a compra.

Neste caso o botão pode vir após a dobra, ou também podem ser colocados mais de um botão Call to Action na página.

landing-pages---dobraUma ótima maneira de ver como sua página aparece acima da dobra nos navegadores mais comuns, é usar o Browser Size do Google. Neste exemplo, a Landing Page do E-book Facebook Marketing, da Camila Porto, podemos ver a distribuição dos elementos gráficos de acordo com o tamanho da tela do navegador. Neste caso, um vídeo foi usado para chamar a atenção do visitante. O posicionamento do vídeo, do lado esquerdo e no topo, permite que qualquer pessoas que acesse o site, por qualquer dispositivo, verá o vídeo como primeiro ponto de contato.

Além disso, o botão de inscrição chama para a ação e recompensa que o visitante, ao se cadastrar, terá: Quero baixar o e-book.

landing-page-camila

É importante entender, no entanto, que cada produto ou serviço pode precisar de uma landing page diferente. Neste caso, houve a necessidade de inserir um vídeo de apresentação, falando sobre os assuntos abordados no e-book. Por isso o botão Call to Action foi colocado mais abaixo ficando na zona de 50% de visão. Em outros casos sugerimos que o botão fiquei na posição de 95% de visão indicado na imagem.

Assim, dê preferência ao inserir os elementos mais importantes para conversão do lado esquerdo da tela. Como lemos da esquerda para direita, na maioria dos casos, os elementos à esquerda são os primeiros a serem vistos.

SEO

Dê a devida importância aos títulos e subtítulos da sua página. Com pequenos ajustes no seu conteúdo, buscadores podem direcionar as pessoas para sua landing page, caso elas procurem por esse tipo de informação. Por isso use elementos de SEO, mesmo que básicos em suas landing pages: títulos e subtítulos, por exemplo.

Testes

Quando falamos em usabilidade, logo pensamos em testes. Já dizia Peter Drucker: “Se você não pode medir, você não pode gerenciar.” Por isso,  não deixe de testar e mensurar suas landing pages.

Exemplos de testes básicos

Antes e Depois: Como o próprio nome diz, este teste mede o desempenho de uma landing page antes e depois de uma alteração. Sempre que usar esse modelo, utilize pequenas variações, para saber o que efetivamente melhorou ou piorou o desempenho.

Teste A/B: Neste caso, o tráfego é direcionado para duas ou mais versões diferentes de uma landing page para medir a eficiência de cada uma. Esse teste é muito utilizado em alterações de layout para mensurar qual converte mais. Podem ser testadas grandes pu pequenas alterações.

Exemplo de teste A/B:

Teste A/B Landing Pages

Exemplo de Relatório de mensuração de teste A/B

Promovaweb Marketing Cloud

A ferramenta de criação de landing page da Promovaweb, permite a realização de testes A/B e geração de relatórios para acompanhamento da perfomace de cada uma.

Teste Multivariado: Geralmente é usado após os testes A/B com a intenção de melhorar a conversão de uma landing page. São testes feitos através da divisão do site e cruzamentos de versões, onde serão identificadas quais os “cruzamentos” de informações geram as melhor performances.

Teste Segmentado: São testes feitos baseados em resultados conforme a experiência do usuário. Exige mais tempo para ser desenvolvido, mas é uma etapa importante para otimização após os testes A/B e multivariados.

Em qualquer estratégia de Marketing, realizar testes é fundamental para mensuração dos resultados e saber o que pode ser melhorado para aumentar a conversão.

0
View Post
Design para Landing Pages

Design para Landing Pages

Sem dúvida, o Design é um dos principais pontos que devemos levar em consideração quando falamos de landing pages. Isso porque, o visual e aparência da sua página de entrada dizem muito sobre sua empresa ou produto.

Os elementos gráficos devem ser bem distribuídos na página e para chamar a atenção do visitante para o que realmente interessa: a ação que você deseja que ele execute.

O livro Não me faça pensar, de Steve Krug aborda algumas normas implícitas no Design que ajudam os visitantes a pensar menos e agir mais, como por exemplo:

  •  O logo da empresa com o link no topo esquerdo da página;
  •  A navegação do menu deve ser no topo;
  •  Links azuis e sublinhados.

Estes são alguns exemplos de elementos usados largamente por todos. Faça um exercício: visite cinco sites diferentes. Certamente uma ou duas dessas normas estarão presente. Isso acontece porque temos uma convenção de mercado, ou seja, a maioria das empresas usa esse modelo. Tentar criar algo muito diferente pode ser arriscado, afinal, você não precisa reinventar a roda, mas sim, usá-la de uma forma interessante.

Atenção seletiva

Você já ouviu falar em Atenção Seletiva? Ela é muito presente em nosso cotidiano. Devido ao grande volume de informação que recebemos todos os dias, nosso cérebro se habitua a selecionar e filtrar o que é mais relevante. Dessa forma, por mais que vejamos as coisas, não as observados, ou seja, não prestamos atenção em tudo. Por causa da Atenção Seletiva, evite usar animações ou qualquer coisa que pareça um anúncio. Isso porque, as pessoas aprenderam a não prestar atenção nos anúncios que ficam no caminho de sua navegação e simplesmente os ignoram.

“Se você não for usar uma convenção web já existente, precisa estar seguro de que o que você estiver usando como substituto seja tão claro e auto-explicativo que não haja curvas de aprendizagem”.

 Steve Krug

Abaixo temos um exemplo de uma estrutura padrão de uma Landing Page Stand-Alone. Este tipo de página tem altos índices de conversão, pois limita o usuário a executar uma única ação.

estrutura-landing-pages

De olho nas convenções

Ao criar uma Landing Page, é importante conhecer os formatos disponíveis e os mais adequados para seus objetivos. No texto “O que é Landing Page” temos três exemplos de formatos padrão de páginas de entrada. Como dito acima, fique atento às convenções, ou seja, formatos de páginas que são muito populares e que, por isso, as pessoas já sabem o que fazer quando as visitam. Ao ajustar pequenos elementos e realizar pequenas mudanças, é possível aumentar muito suas taxas de conversão.

Porém, lembre-se: ao tentar fugir das convenções, não se esqueça das conversões.

0
View Post
O que é Landing Page?

O que é Landing Page?

Se você trabalha com marketing, sabe da importância de gerar tráfego qualificado. Para isso, utilizamos SEO, Links Patrocinados, Email, banners, Mobile Ads e várias outras técnicas pra gerar tráfego. A partir do tráfego gerado, incia-se a busca por cadastros, vendas e conversão.

Mesmo com tantas técnicas, muitas empresas conseguem taxas de conversão entre 1% e 3%.

Uma das respostas para explicar conversões baixas pode ser o cotidiano das pessoas: todos estão ocupados, apressados e sobrecarregados de informação. Por esses motivos, para conseguir se efetivo na captura da atenção dos consumidores precisamos ser objetivos, rápidos e persuasivos. Entretanto, você precisa ter essas características no lugar certo. E é aí que entram as Landing Pages.

Landing Pages bem otimizadas podem chegar a 80% de conversão

Antes de criar uma Landing Page, é importante definir o seu objetivo com ela. A principal questão é: Como usar uma Landing Page ao meu favor? Para isso, vamos entender alguns pontos importantes:

Landing Pages Mas afinal, o que é Landing Page?

A Landing Page é a primeira página de contato entre uma empresa e o cliente. O termo vem do inglês “to land” que significa “aterrizar”. Desta forma, uma landing page é uma página de aterrizagem, onde o visitante aterriza em seu site.

Geralmente, são as páginas mais acessadas de um  site, páginas de entrada que trazem os usuários de outro ambiente, por exemplo, um anúncio de links patrocinados do Google, um e-mail marketing ou um post nas redes sociais que o trouxe para determinada página.

Para que serve uma Landing Page?

A principal função de uma  landing page é convencer as pessoas a executarem uma ação que desejamos como:

  •  Preencher um formulário de contato
  •  Comprar um produto
  •  Preencher uma pesquisa
  •  Participar de um concurso

Se os visitantes de um site executam a ação que desejamos, essa ação é o que chamamos de Conversão. Desta maneira, o usuário comum passa ser um visitante e, ao executar a ação proposta,  torna-se um contato qualificado (lead), um cliente, um assinante, por exemplo. A partir do momento da conversão, este visitante mostra que está interessado no que foi apresentado e confirma isto ao tomar a ação que desejamos..  funil-de-vendas

Segundo o Infográfico sobre Landing Pages, produzido pelo site Viver de Blog, testar várias Landing Pages pode melhorar seus resultados em até 55%, na geração de leads. Usar Landing Pages para ações pode aumentar a taxa de conversão em até 80%.

Tipos de Landing Page

De acordo com o livro “Landing Page Optimization“, de Tim Ash, existem três formatos básicos de Landing Pages:

landing-page-stand-aloneStand-Alone Landing Page – Páginas criadas especialmente para uma campanha de marketing que, na maioria das vezes, têm altas taxas de conversão. Incluem CTAs (Call to Action) para captação de leads (contatos qualificados).

landing-page-micrositeMicrosite Landing Page – Este formato pode ser parte de um hotsite destinado a um público-alvo, uma campanha de marketing, promoção e etc. Pode ser uma versão menor de um site, geralmente criada como complemento para o site principal.

landing-page-mainsiteMain site Landing Page – São o formato mais comum de landing page e fazem parte de um site principal. Pode ser a página inicial de um site corporativo, uma página encontrada na busca orgânica, ou uma página de um artigo em um blog. As landing pages deste formato podem estar também entre as páginas de um site como uma página de detalhes do produto em um catálogo on-line.

A principal função das Landing Pages é captar a atenção do visitante e fazê-lo converter. Sem dúvida, usar Landing Pages é uma estratégia interessante e que ajuda a aumentar os resultados das suas estratégias de Marketing. A partir delas, é possível se comunicar com mais efetividade com os visitantes.

Cada Landing Page pode cumprir uma função diferente. Por isso, avalie o formato que é mais adequado para suas estratégias.

Fique ligado, em breve mais conteúdo e informação sobre as Landing Pages.